quarta-feira, fevereiro 28, 2024
InícioBrasilSite bolsonarista vira anti-governo e exibe críticas ao presidente

Site bolsonarista vira anti-governo e exibe críticas ao presidente

Um site que antes era utilizado para promover o presidente Jair Bolsonaro (PL) e ações do governo federal está chamando atenção pela mudança no conteúdo publicado, que agora faz críticas duras ao mandatário e o destaca como “ameaça ao Brasil”.

A página é dividida em tópicos como “política de morte”, “ascensão do neofacismo”, “corrupção generalizada” e “corrosão das eleições”. Ao clicar em cada um deles, o leitor é direcionado para textos e links de matérias jornalísticas sobre atitudes do presidente em situações distintas. Na imagem de destaque, ele é representado como Adolf Hitler, líder do Partido Nazista, com uma suástica no braço e a faixa presidencial. Em outras, aparece “atirando vírus” em um cenário com pessoas mortas.

Página exibe críticas e sátiras ao presidente e candidato à reeleição, Jair Bolsonaro (PL)

No final de cada sessão, há ainda uma contagem regressiva para o término do mandato de Bolsonaro, caso não seja reeleito. “Logo poderemos comemorar o fim desta terrível presidência, mas não vamos nos iludir: O bolsonarismo persistirá. A batalha contra o neofascismo deve continuar. Resistiremos, e venceremos”, diz uma das mensagens.

O endereço “www.bolsonaro.com.br” costumava ser usado para divulgar atividades de Bolsonaro e seus familiares políticos desde 2002. Ele constava registrado em nome de uma empresa do Distrito Federal.

Apuração do Congresso em Foco, no entanto, informa que o domínio do site — endereço utilizado para acessá-lo e mantê-lo — não foi renovado pelo clã do presidente e mudou de dono. O empresário Gabriel Baggio Thomaz adquiriu o site no dia 25 de janeiro deste ano e no último dia 11 de agosto alterou todo o conteúdo do site.

Imagem de destaque do site Bolsonaro.com.br traz o presidente representado como Adolf Hitler

Campanha de Bolsonaro reage

Nesta quarta-feira (31), a equipe jurídica de campanha de Bolsonaro anunciou que deve apresentar uma representação no Tribunal Superior Eleitoral e na Justiça comum para derrubar o site. O objetivo, além de tirar a página do ar, é processar o responsável e pedir indenização.

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments

APOLONIA MARIA RIBEIRO CABRAL on Ipsem paga a partir de hoje inativos e pensionistas
APOLONIA MARIA RIBEIRO CABRAL on Ipsem paga a partir de hoje inativos e pensionistas
Lúcia Maria Herculano Pinto on Prefeitura homenageia mães com tarde festiva