quinta-feira, fevereiro 29, 2024
InícioDestaquesAproveitamento das águas do Canal Acauã-Araçagi é discutido em audiência pública

Aproveitamento das águas do Canal Acauã-Araçagi é discutido em audiência pública

MDR esteve presente ao evento, que foi promovido pelo Governo da Paraíba e contou com a presença de gestores dos 38 municípios da área de influência do canal

Brasília (DF), 26/8/2022 — O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) participou, nessa quinta-feira (25), de audiência pública para discutir o aproveitamento das águas do Canal Acauã-Araçagi, localizado na Paraíba e parte integrante das Vertentes Litorâneas. O evento também contou com a presença de representantes do governo estadual, instituições públicas de ensino superior, instituições bancárias e gestores dos 38 municípios que estão na área de influência do canal.

O objetivo da audiência pública foi debater sugestões da sociedade sobre a utilização da água do Canal Acauã-Araçagi na região para a criação de arranjos produtivos e perímetros irrigados, entre outras ações que fomentem o desenvolvimento econômico da região. Outros temas debatidos foram a implantação de infraestrutura hídrica e a gestão dos recursos hídricos exigentes.

“Foi uma oportunidade interessante para o Ministério comunicar ações desenvolvidas na área de infraestrutura hídrica, como a conclusão do Eixo Norte da Transposição do Rio São Francisco e a obra da Vertente Litorânea da Paraíba, que já recebeu, desde 2012, mais de R$ 1 bilhão do Governo Federal”, destacou o diretor de Obras Hídricas da Secretaria Nacional de Segurança Hídrica do MDR, Francisco Igor Nunes.

Sobre o Canal Acauã-Araçagi

O Canal Acauã-Araçagi foi elaborado para abastecimento humano e para dar suporte à produção agrícola às suas margens, onde há 16 mil hectares destinados à cultura irrigada. O sistema adutor beneficia cerca de 600 mil pessoas em 12 municípios paraibanos: Itatuba, Mogeiro, Itabaiana, São José dos Ramos, Sobrado, Riachão do Poço, Sapé, Mari, Cuité de Mamanguape, Araçagi, Curral de Cima e Itapororoca.

O projeto do Sistema Adutor das Vertentes Litorâneas da Paraíba Canal Acauã-Araçagi compreende 17 segmentos de canais abertos, totalizando 130,44 quilômetros, intercalados por cinco trechos de sifões invertidos, construídos em tubos de aço, para ultrapassar vales de rios e córregos, sete aquedutos, galerias para travessias de ferrovia e rodovia.

O projeto é dividido em três lotes de obras, que estão sendo executadas pelo governo do estado. O lote 1 está com um percentual de execução de 96,74% e já foram feitos os testes com água em janeiro de 2021; o lote 2 está com um percentual de 82,42%, com previsão de entrega até dezembro de 2022. Já o lote 3 ainda não foi iniciado.

A obra vai garantir a sustentabilidade hídrica as bacias litorâneas do Rio Paraíba, do Rio Gurinhém (afluente do Rio Paraíba), do Rio Miriri, do Rio São Salvador, do Rio Mamanguape, do Rio Araçagi e do Rio Camaratuba.O Canal Acauã-Araçagi quer aproveitar as águas interiores e águas a serem transpostas pelo Projeto de Integração do Rio São Francisco, por meio do Eixo Leste.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments

APOLONIA MARIA RIBEIRO CABRAL on Ipsem paga a partir de hoje inativos e pensionistas
APOLONIA MARIA RIBEIRO CABRAL on Ipsem paga a partir de hoje inativos e pensionistas
Lúcia Maria Herculano Pinto on Prefeitura homenageia mães com tarde festiva