domingo, fevereiro 25, 2024
InícioMaisRomero participa de “abraço” ao Parque da Criança

Romero participa de “abraço” ao Parque da Criança

Romero_abraco_com_trab_infantilCentenas de crianças e adolescentes participaram na manhã desta terça-feira, 03, de um abraço simbólico ao Parque da Criança. O “abraço” foi uma alusão ao Dia de Erradicação do Trabalho Infantil, promovendo a conscientização da sociedade sobre o problema. O evento contou com a presença do prefeito Romero Rodrigues, auxiliares da administração municipal e Ministério Público do Trabalho.

Segundo o prefeito Romero Rodrigues, o governo municipal tem feito o que é possível no sentido de combater o problema do trabalho infantil, sendo isso feito por meio de ações de conscientização, parcerias com diversos órgãos, trabalho integrado de secretarias, melhoria da qualidade das escolas municipais e política de incentivo à prática esportiva.

Conforme explicou, a conscientização pode ser verificada, por exemplo, no fardamento escolar, no qual consta slogan propagando a ideia de que “lugar de criança é na escola”. Quanto às parcerias, destacou que a PMCG atua em conjunto com o Ministério Público do Trabalho, Cerest e Conselho Tutelar. “Também todas as pastas municipais estão integradas em ações em favor das nossas crianças e adolescentes”, acrescentou.

Sobre ações educacionais, Romero Rodrigues ressaltou o empenho da Secretaria de Educação para beneficiar as crianças com ações de estímulo visando a permanência daquele segmento social na escola. Além de educação de qualidade e merenda, busca-se, agora, a consecução de uma grande meta: a instalação de áreas de lazer e brinquedos em todas as escolas municipais.

O prefeito campinense lembrou, por outro lado, o trabalho de incentivo à prática esportiva na cidade, pois Campina Grande já ganhou mais de 40 escolinhas, as quais contam com o fornecimento de bolas e padrões para os atletas, além de pagamento de professores especializados na prática esportiva.

Por sua vez, o secretário executivo da Semas, Rubens Nascimento, lembrou a execução em Campina Grande do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil, que engloba atividades educativas, de assistência social e de apoio às famílias. “Neste contexto, realizamos a profissionalização de pais, a realização de atividades extra-escolares para crianças, sobretudo de caráter cultural”, afirmou.

Já a coordenadora do Cerest, Ana Carla Souto Maior, informou, com base em dados do PNAD-IBGE, que na Paraíba existem 69.506 crianças e adolescentes, entre 10 e 16 anos, explorados em atividades de trabalho. Com isso, o Estado está em 17º lugar no ranking nacional.

Em Campina, cerca de 5 mil crianças estão nesta situação. Para a coordenadora, a estratégia é identificar ou localizar estas crianças, levando-as a desfrutar do direito de ter acesso à escola. “Lugar de criança é na escola ou em trabalhos sociais. Precisamos acabar com esta cultura de que criança é responsável ou precisa ajudar no sustento da família”, afirmou.

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments

APOLONIA MARIA RIBEIRO CABRAL on Ipsem paga a partir de hoje inativos e pensionistas
APOLONIA MARIA RIBEIRO CABRAL on Ipsem paga a partir de hoje inativos e pensionistas
Lúcia Maria Herculano Pinto on Prefeitura homenageia mães com tarde festiva