quarta-feira, fevereiro 28, 2024
InícioMaisConsulta permitirá cência do Plano Municipal de Resíduos Sólidos

Consulta permitirá cência do Plano Municipal de Resíduos Sólidos

reuniao_residuos_solidosSerá realizada na próxima sexta-feira, 14, às 8h30, no auditório da Vila do Artesão, a audiência pública para discussão da versão preliminar do Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos. A realização é da Prefeitura de Campina Grande, por meio da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma), e a empresa Ecosam – Consultoria em Saneamento Ambiental Ltda.

A consulta pública objetiva apresentar à população campinense o diagnóstico atual da gestão de resíduos sólidos urbanos. Também será mostrado o prognóstico que aponta cenários prospectivos, metas e prazos das principais diretrizes e estratégias para que o município promova a gestão integrada de resíduos sólidos urbanos nos próximos 20 anos.

A versão preliminar do Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos está à disposição do público, a partir desta quarta-feira, 12, até o dia 27, na Coordenadoria de Meio Ambiente da Sesuma, localizada na avenida Dr. Severino Cruz, 695, às margens do Açude Velho. A Secretaria colocou à disposição o Plano nas versões impressa e digital. O horário de atendimento é das 7h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30.

Segundo o secretário municipal de Serviços Urbanos e Meio Ambiente, Geraldo Nobre, a colocação da versão preliminar do plano para consulta pública (na Sesuma) e a audiência pública da sexta-feira permitirão que a população conheça os estudos que nortearão a elaboração do Plano.

“A apresentação do Plano está sendo realizada de forma democrática e participativa. Já ocorreram reuniões técnicas, oficinas para representantes das SABs e dos Clubes de Mães, lideranças e associações comunitárias; oficinas com catadores e um seminário, envolvendo diferentes setores da sociedade para debater o tema. Nessas ocasiões foram definidas propostas para a construção do Plano”, disse o secretário.

Geraldo Nobre ressaltou, ainda, que a audiência pública será uma oportunidade para que toda sociedade possa conhecer o Plano, debater e apresentar sugestões sobre ações que poderão ser implementadas à gestão dos resíduos sólidos gerados do município. A audiência pública contará ainda com as presenças dos comitês Executivo e Sustentação do Plano, lideranças de bairros, Sociedades de Amigos de Bairro (SABs), associações e cooperativas de catadores de materiais recicláveis.

O secretário explicou que o prognóstico do Plano considerou, também, o processo de desenvolvimento de Campina Grande, tanto no segmento imobiliário quanto no comercial e industrial. “Precisamos, democraticamente e com a presença da sociedade, formatar um Plano que atenda as necessidades locais”, ressaltou.

SOBRE O PLANO – A elaboração do Plano Municipal de Gestão de Resíduos Sólidos é uma exigência da Política Nacional de Resíduos Sólidos. O plano prevê melhorias no sistema de limpeza urbana da cidade, abrangendo ações que vão desde a coleta, transporte e manejo até a disposição final, além da educação ambiental da comunidade.

A partir dele será feito um planejamento de 20 anos, com revisões a cada quatro anos. A principal meta é melhorar a qualidade de vida da população, através da concretização de metas de curto, médio e longo prazos. Tudo passará pelo Conselho Municipal do Meio Ambiente e, em seguida, será transformado em lei mediante aprovação da Câmara Municipal.

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments

APOLONIA MARIA RIBEIRO CABRAL on Ipsem paga a partir de hoje inativos e pensionistas
APOLONIA MARIA RIBEIRO CABRAL on Ipsem paga a partir de hoje inativos e pensionistas
Lúcia Maria Herculano Pinto on Prefeitura homenageia mães com tarde festiva