sábado, fevereiro 24, 2024
InícioMaisEquipes de saúde indígena crescem 36% em um ano

Equipes de saúde indígena crescem 36% em um ano

O número de profissionais que compõe as equipes multidisciplinares de saúde indígena no País foi ampliado em 36% em um ano: de 8.975, em abril de 2011, para 12.248, em abril de 2012.

As ações de atenção básica à saúde indígena são implementadas com foco na linha do cuidado, principalmente na família indígena, com participação popular e articuladas com as práticas de saúde e as medicinas tradicionais. Os dados fazem parte de balanço nacional divulgado pelo Ministério da Saúde na última quinta-feira (19), em comemoração ao Dia do Índio.

Com o aumento da atenção, a mortalidade foi reduzida em todas as faixas etárias. Dados preliminares do ministério apontam redução no número de óbitos de 12,1% em 2011, quando foram registrados em números absolutos 2.264 óbitos, em todas as faixas etárias. Em 2010, foram 2.577 óbitos. As ações de atenção também resultaram na queda da mortalidade em crianças menores de um ano em 4,8%. Os dados, ainda não consolidados, registraram 630 óbitos em 2011, contra 662 em 2010.

Sesai – A Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) do Ministério da Saúde é responsável pelo atendimento a aproximadamente 650 mil indígenas no País. As 154.207 famílias, de 230 etnias, vivem em 4.702 aldeias, em 438 municípios de 26 estados. A Sesai cuida também da manutenção de 1.922 Sistemas de Abastecimento de Água do atendimento em 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEIs), 75 Casas de Saúde do Índio (CASAIs), 967 postos de saúde e 358 polos base.

Em 2011, os recursos da saúde indígena passaram a ser administrados exclusivamente pela Sesai, facilitando a execução orçamentária, bem como a fiscalização e o monitoramento, dando mais agilidade na efetivação das ações. Em 2012, o orçamento da secretaria cresceu 53% em relação ao ano de 2011, passando de R$ 454 milhões para R$ 684,5 milhões em 2012.

No DSEI Xavante, onde a Sesai realizou intervenção na área de gestão e atenção, houve queda de 67,8% no número total de óbitos em todas as faixas etárias, caindo de 28 óbitos, em janeiro de 2011, para 9, em dezembro de 2011. O impacto do reforço nas ações de vigilância epidemiológica e na área de atenção também foi registrado nos dados absolutos em menores de um ano, onde houve redução de 30% no número de mortes, passando de 10 óbitos, em janeiro de 2011, para 3, em dezembro de 2011.

Multivacinação atende aldeias da Amazônia

Em 2011, a Sesai realizou campanha de multivacinação para toda a população indígena aldeada da Amazônia Legal, onde residem 91 mil índios, com a oferta de todas as vacinas do calendário de saúde.

Ainda no mesmo ano, com ação inédita, a Sesai iniciou a realização de testes rápidos para sífilis e HIV em 46 mil indígenas nos sete DSEIs do Amazonas e nos dois de Roraima. Foi realizada também melhoria no acesso ao tratamento de Hepatites Virais para os indígenas do Vale do Javari (AM), com a realização de três Manejos Clínicos de Hepatites Virais atendendo a 341 indígenas. Os portadores de hepatites receberam tratamento na Casa de Apoio de Tabatinga (AM).

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments

APOLONIA MARIA RIBEIRO CABRAL on Ipsem paga a partir de hoje inativos e pensionistas
APOLONIA MARIA RIBEIRO CABRAL on Ipsem paga a partir de hoje inativos e pensionistas
Lúcia Maria Herculano Pinto on Prefeitura homenageia mães com tarde festiva